04 novembro 2010

Mal-Entendidos de Nuno Lobo Antunes


Da Hiperactividade ao Síndrome de Aspergen. Da Dislexia às Perturbações do Sono.

«Para compreender uma criança temos de voltar ao país das memórias, reviver o que ficou para trás, habitar de novo medos de que nos esquecemos. Olhar com olhos de espanto, chamar filha a uma boneca, e replicar o milagre da criação dando-lhe voz. Para a compreender temos de voltar a pele do avesso, reduzir a dimensão do corpo na medida inversa em que cresce o sentimento. Cada criança é uma história por contar. Por vezes o Capuchinho Vermelho perde-se no bosque e não há beijo que resgate a Bela Adormecida.
Para muitas crianças a sua história pode não terminar bem, e não viverem felizes para sempre. Este livro destina-se a essas crianças e a quem delas cuida: Pais, Professores, Psicólogos ou Médicos, que querem que todas as histórias tenham um final feliz, e não deixam o Espelho Mágico dizer a nenhuma criança que há alguém mais belo do que ela. Devem existir em Portugal cerca de 100.000 crianças com perturbações de desenvolvimento.» Nuno Lobo Antunes, In Introdução

Recomendo vivamente...
by Wook

01 novembro 2010

Sinais comuns que reflectem Dificuldade na Aprendizagem


Em idade pré-escolar:

Falar mais tarde que a maioria das crianças;
Pronunciar com dificuldade;
Dificuldade nas rimas; Dificuldade em aprender os números, o alfabeto, dias da semana, cores e formas;
Dificuldade na interacção com os pares;
Dificuldade em seguir ordens/rotinas;
Motricidade fina com baixo desenvolvimento;


Primária:

Lentidão em aprender a relação entre as letras e o seu som;
Confusão nas palavras básicas;

Engano constante na leitura e no soletrar, incluindo letras reversíveis (b/d), (m/w);
Confusões aritméticas;
Lentidão em perceber factos;
Lentidão em aprender novas capacidades, memorizar, impulsividade;
Dificuldade em planear;
Traço instável;

Dificuldade em aprender sobre o tempo;
Coordenação pobre (propenso a acidentes)


Preparatória
:

Reverter a sequência das letras;
Lentidão em aprender prefixos, sufixos, palavras primárias entre outras estratégias de soletrar palavras;
Evita ler em público/alto;
Problemas com palavras difíceis;
Dificuldade na escrita; Fraco controle do lápis ;
Dificuldade em fazer amigos;
Dificuldade em perceber a linguagem corporal e facial (expressões)





06 setembro 2010

Promover a MOTIVAÇÃO para a Aprendizagem

A intervenção psicopedagógica promove a motivação para a aprendizagem, promove a auto – estima e o auto – conceito com o objectivo de reintegrar a criança ou jovem numa vivência escolar e social adequada...

Promover a aprendizagem, estimular e mediar um auto-conhecimento sobre capacidades, potenciais, para além de permitir apreender com gosto, não apenas no âmbito escolar, mas em todos os contextos que envolvem o indivíduo: cognitivo, afectivo e social.

07 junho 2010

Psicopedagogia e a terceira idade



O trabalho psicopedagógico com o idoso visa, basicamente reintegá-lo na sociedade. Estimular o cérebro da pessoa idosa, fomentar a produção de neurónios, incentivar a memória com exercícios, seja a través da leitura, da dança, dos jogos, do canto, do tocar um instrumento, de actividades manuais, tarefas que proporcionem prazer, uma espécie de ócio positivo... A intervenção psicopedagógica pode ir ao encontro de uma melhor qualidade de vida e proporcionar uma maior auto-estima, optimizando o tempo e a vida da pessoa idosa. Ainda são poucos, os passos dados nesta área.

A pessoa idosa


“As pessoas idosas são intermediárias entre o passado, o presente e o futuro. A sua sabedoria e experiência constituem um verdadeiro vínculo para o desenvolvimento da sociedade”

Sr. Kofi Annan- in “Plano de Acção Internacional para o envelhecimento”, 2002

20 abril 2010

Vamos Jogar

Actividades pedagógicas entre pais e filhos para ensinar bons hábitos às crianças
de Eduardo Estivill.
"O livro tem como objectivo fornecer uma série de conceitos, apresentados na forma de jogos, para que os pais possam inculcar melhores hábitos aos seus filhos. Surgiu da colaboração com uma mãe responsável, Yolanda Sáenz de Tejada Vázquez, autora e praticante especialista das propostas que são descritas neste livro. Unindo as suas facetas de excelente escritora e de mãe preocupada com a educação das suas filhas, Yolanda elaborou, a partir de conceitos científicos comprovados, uma série de actividades fáceis de executar e que são particularmente válidas do ponto de vista educativo. Cada uma delas está pensada com rigor e emoção, e foi testada com muitas crianças." De ressalvar que também se trata de um excelente apoio a estudantes e profissionais.


13 abril 2010

Gerontologia

Identifica-se com a filosofia do Envelhecimento Activo (EA),
que é definido como “o processo de optimização das oportunidades de saúde, participação e segurança, com o objectivo de melhorar a qualidade de vida à medida que as pessoas ficam mais velhas”
... 

02 março 2010

Educar...

"[Em cada educando] há uma criança desconhecida, um ser vivo sequestrado, que é necessário libertar. Esta é a primeira tarefa urgente da educação e libertar é, neste sentido, conhecer, descobrir o ignorado."

(Maria Montessori, L'enfant)